Facit promove evento para campanha nacional “Salve Krahô”

Com o objetivo de arrecadar fundos para a campanha, será realizado o Ciclo de Palestras Interdisciplinares “Salve Krahô”, com a participação da atriz e criadora da campanha Salve Krahô, Letícia Sabatella, e palestrantes de todo o país

Nesse momento de pandemia muitas pessoas precisam de ajuda. Solidariedade é um ato de suma importância para sobreviver e passar por este período de crise. O povo Krahô precisa desta solidariedade. Desta forma, a Faculdade de Ciências do Tocantins (Facit) promove o Ciclo de Palestras Interdisciplinares “Salve Krahô”, nos dias 18 e 19 de setembro, totalmente on-line, com a participação da atriz e criadora da campanha Salve Krahô, Letícia Sabatella, e palestrantes de várias áreas do Tocantins e do Brasil.

O objetivo deste evento é arrecadar fundos para a campanha Salve Krahô, criada para fortalecer as ações de prevenção e combate à Covid-19 nas aldeias da etnia. A campanha é uma rede de apoio voluntária que tem a participação de lideranças e associações indígenas, bem como parceiros não-indígenas.

A organização do ciclo de palestras é da professora da Faculdade Facit, Me. Jane Guimarães, e da pesquisadora Marília Cyrne, membros da campanha Salve Krahô.

Ciclo de Palestras

O evento será totalmente on-line (via Google Meet), sendo realizado nos dias 18 e 19 de setembro. Serão discutidos assuntos nas seguintes áreas: Odontologia, Letras Libras, Letras, Direito, Geografia, Ciências Sociais e Artes. O ciclo de palestras terá 10 horas de carga horária.

A abertura será no dia 18, sexta-feira, com a atriz Letícia Sabatella e terá uma transmissão direta do pátio da aldeia Krahô, Manoel Alves, onde os indígenas vão fazer uma Cantoria, a partir das 17 horas.

Logo em seguida, a partir das 18 horas, será aberta uma sala virtual para conversar sobre o filme “Chuva é cantoria na aldeia dos mortos”, tendo como palestrantes Renée Messora e João Salaviza (diretores do filme e membros da Campanha Salve Krahô) e Henrique Ihjãc Krahô (protagonista do filme).

No segundo dia, a partir das 9 horas, inicia o ciclo de palestras, com várias salas virtuais discutindo os vários temas do evento.

Inscrições

Para participar do ciclo de palestras deve preencher o formulário de inscrições que está disponível no site da Faculdade Facit (https://forms.gle/yJudottT1svwyJBt7 ) , no período de 04 a 15 de setembro. O valor é de R$ 10,00, o qual será creditado na conta da Associação Kàjre.

A conta da associação é Ag. 1595-4, C/C 18775-5 Banco do Brasil 001; Centro Cultural Kàjre; CNPJ 07.724.900/0001-20.

Programação

Abertura dia 18/08

Mediadora: Letícia Sabatella (atriz e criadora da Campanha Salve Krahô)

17h – Daniel Rej Krahô apresentará a cantoria no pátio da aldeia Krahô

18h – Conversa sobre o filme “Chuva é cantoria na aldeia dos mortos”

Palestrantes: Renée Messora e João Salaviza (diretores do filme e membros da Campanha Salve Krahô) e Henrique Ihjãc Krahô (protagonista do filme).

19h – Encerramento

SALA 1: PALESTRAS NA ÁREA DA ODONTOLOGIA (19/09 – MANHÃ)

Mediadora: Dra. Carollyne Mota Tiago (professora da Facit, doutora em Ortodontia e Mini-residence pela University of Connecticut – EUA)

9h – O que os indígenas do Xingu têm a nos contar sobre a etiologia da má oclusão Palestrante: Dr. David Normando (Prof. da Faculdade de Odontologia da UFPA, editor-emérito Dental Press Journal of Orthodontics, editor-Associado Progress in Orthodontics, Bolsista Produtividade CNPq).

10h – Trauma alvéolo dentário: conceitos atuais

Palestrante: Me. Herbet de Abreu Cavalcanti (Professor na pós-graduação da Facit, Mestre em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial – Unimar; Doutorando em Clínicas Odontológicas – SLMANDIC)

11h – Vida Clínica x Estética

Palestrante: Renata Rosa (Especialista em Ortodontia e Residência em Estética Avançada).

SALA 2: PALESTRAS NA ÁREA DO DIREITO (19/09 – MANHÃ)

Mediador: Maicon Rodrigo Tauchert; coordenador do curso de Direito da FACIT, CEO Law Technology Solutions

9h – Direitos à vida digna e à saúde dos povos indígenas

Palestrante: Dr. Mauro Gaglietti (Graduado em História – UFSM; Mestre em Ciência Política – UFRGS; Doutor em História – UFRGS)

10h – O Ministério Público Federal e a defesa dos povos indígenas

Palestrante: Thales Cavalcanti Coelho (Graduado em Direito e Mestre em Direito Penal pela Universidade de São Paulo (USP). Procurador da República do Ministério Público Federal (MPF)

11h – Direito Anterior ao Estado: Uma reconexão com a origem humana na natureza

Palestrantes (colegiado do curso de Direito da Facit):

– Ma. Marina de Alcântara Alencar (advogada e doutoranda em Letras na UFNT);

– Ma. Eliana Andrade (Bacharel em Direito e Mestra em Planejamento Urbano);

– Esp. Wilson de Oliveira Júnior (Especialista em Segurança Pública e Cidadania (UFRGN); Especialista em Segurança Pública (UFT);

– Me. Rafael Xavier de Souza (Bacharel em Direito, mestre em Teoria Geral do Direito e do Estado).

SALA 3 – LÍNGUA DE SINAIS E CULTURA SURDA NO TOCANTINS (19/09 – MANHÃ)

Mediador: Dr. Bruno Gonçalves Carneiro(Professor da UFT, no curso de Letras: Libras. Doutor em Letras e Linguística pela UFG)

9h – A comunidade surda tocantinense

Palestrante: Roselba Gomes de Miranda (Professora da UFT, no curso de Letras: Libras.

10h – Gírias na Língua Brasileira de Sinais

Palestrante: Cristiano Pimentel Cruz (Professor da UFT, no curso de Letras: Libras. Mestre em Letras pela UFT)

11h – Experiência na surdo-cegueira

Palestrante: Lia Claudia Coelho (Licenciada em Letras: Libras e mestranda em Letras pela UFT)

Intérprete de Libras: Tullyo da Silva Braga  

SALA 4 – LEITURA LITERÁRIA EM TEMPOS DE PANDEMIA (19/09 – TARDE)

Mediadora: Ma. Erica de Cássia Maia (Mestra em Letras pelo Programa de Mestrado Profissional em Letras – PROFLETRAS/UFT e Doutoranda em Letras – PPGL/UFT)

14h – Palestrantes:

Dr. Rildo Cosson (Professor visitante da Universidade Federal da Paraíba, Doutor em Letras/ UFRGS e em Educação UFMG)

Dra. Luiza Silva (Professora Adjunta da Universidade Federal do Tocantins-UFT)

Dr. Márcio Melo (Professor Adjunto da Universidade Federal do Tocantins – UFT, Doutor em Estudos Literários pela UFMG; Mestre em Letras e Linguística pela UFG)

Sala 5 – PESQUISAS E VIVÊNCIAS COM O POVO KRAHÔ (19/09 – TARDE)

Mediador: Dr. José Francisco Mendanha (Professor na UFT,Doutor em Biodiversidade e Biotecnologia pela Rede Bionorte. Mestre em Ciências do Ambiente/ UFT)

14h – R-existências territoriais indígenas

Palestrante: Emerson FerreiraGuerra (professor adjunto do DEGEO da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ, bacharel em geografia (UFU), Mestre em Geografia e Gestão do Território, e Doutor em Geografia e Ordenamento Territorial pela Universidade Federal Fluminense – UFF).

15h – Educação indígena x Educação Escolar Indígena: diálogos necessários

Palestrantes:

Maíra Lopes Pedroso (graduada em Ciências Sociais pela Unesp – Universidade estadual Paulista e mestrando em Antropologia Social pela UFSCAR)

Felipe Kometani Melo (graduado em Ciências Sociais pela Unesp – Universidade Estadual Paulista e mestrando em Antropologia Social pela UFSCAR)

Vitor de Aratanha Maia Araújo (graduado em Ciências Sociais pela UNB, especialista em Indigenismo e Desenvolvimento Sustentável também pela UNB; membro da campanha Salve Krahô)

16h – O que o povo mẽhĩ me ensinou por meio do estudo de sua língua?

Palestrante: Maxwell Miranda (Professor Adjunto da Universidade Federal de Mato Grosso/UFMT, Doutor e Mestre em Linguística pela Universidade de Brasília/UnB.)

Sala 6 – Pesquisas no Campo da Tecnologia com o Povo Krahô (19/09 – TARDE)

Mediadores:

  • Prof. Me. Cássio Cipriano Nogueira – Graduado em Sistemas de Informação, Especialista em Gestão de Tecnologias da Informação e Mestre em Estudos de Cultura e Território. Professor e Coordenador de Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Faculdade de Ciências do Tocantins (FACIT).
  • Prof. Esp. Edivan Ricardo de Jesus – Graduado em Análise de Sistemas e Especialista em Engenharia de Software com Ênfase em Software Livre e Docência Universitária. Professor na Faculdade Católica Dom Orione (FACDO) e na Faculdade de Ciências do Tocantins (FACIT).

Apresentações:

14h – Relato de Experiência: criação de aplicativos mobile com base no Manual de Saúde Bucal em Krahô

Prof. Me. Cássio Cipriano Nogueira e Prof. Esp. Edivan Ricardo de Jesus

15h – Guihô:  guia de saúde bucal em Krahô e jogo educativo

Carlos Augusto Alves Jardim, Luís Paulo Gomes Andrade e Werik Filipe dos Santos Cunha (Acadêmicos de ADS da FACIT)

16h – Krapp: aplicativo mobile educativo

Eliezer Gino Lemos de Castro, João Victor Fernandes Tavares e Renato Júnior Rocha Dias (Acadêmicos de ADS da FACIT)

17h – Encerramento

Compartilhe esta postagem »»

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Eu concordo em receber outras comunicações da FACIT. Para fornecer o conteúdo solicitado, precisamos armazenar e processar seus dados pessoais. Se você consentir com o armazenamento dos seus dados pessoais para essa finalidade. Eu concordo em permitir que a FACIT armazene e processe meus dados pessoais. Nossas práticas de privacidade e nosso compromisso em proteger e respeitar suas informações, estão em consonância com a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. Política de Privacidade.