Café com a Presidente: FACIT promove conversa com mantenedora para realizar uma gestão compartilhada

A FACIT – Faculdade de Ciências do Tocantins incentiva o envolvimento dos seus acadêmicos em questões que vão muito além do que se é aprendido na sala de aula. Para isso, proporciona diálogo e transparência nas decisões que vão afetar a instituição como um todo.

No último sábado, 19, lideranças estudantis dos vários cursos da FACIT participaram do Café com a Presidente. Instituído desde 2014, esse encontro faz parte de um projeto de gestão compartilhada, onde os representantes de turma se reúnem para conversar com a mantenedora da faculdade.

“É o momento ideal para escutar os líderes de alunos para fazermos análises das fragilidades, potencialidades, definir ações e projetos institucionais dentro da faculdade, além de trabalhar na união dessa grande família, que é a FACIT”, explica a diretora-geral da FACIT, Dra. Ângela Maria Silva.

Nesse encontro, que acontece de duas a quatro vezes por semestre, os acadêmicos conversam com a diretora e compartilham ideias e sugestões para melhorar a estrutura da FACIT como um todo, beneficiando os corpos discente e docente.

Durante a conversa com a presidente, foi eleito um acadêmico para o Colegiado Superior, órgão responsável pela tomada de decisões da faculdade. Ele é formado pelos professores, coordenadores, direção e por alunos que representam os discentes.

O discente eleito para o Colegiado Superior tem diversas responsabilidades com relação à comunidade acadêmica. Deve representar os alunos, ouvir a todos e, em conjunto com os demais representantes, tomar decisões pensando no bem coletivo.

No Café com a Presidente de sábado, a acadêmica do 2° período do curso de Direito Brunna Wadylla de Araújo foi escolhida para fazer parte do Colegiado.

“Foi muito gratificante saber que sentiram confiança em mim para um cargo que tem grande valor. Serve como incentivo para continuar dando o melhor de mim em todos os aspectos”, comenta Brunna.

O acadêmico do 7° período de Odontologia Igor Oliveira de Aguiar destaca a importância de ter voz dentro da faculdade.

“Tendo a visão como discente da instituição, eu consigo contribuir em uma gestão mais próxima dos alunos. Então, eu consigo ser porta-voz deles nessas reuniões de colegiado, nessa tomada de decisão conjunta com os coordenadores, alguns professores e a Direção da instituição”, finaliza Igor.

Compartilhe esta postagem »»

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Eu concordo em receber outras comunicações da FACIT. Para fornecer o conteúdo solicitado, precisamos armazenar e processar seus dados pessoais. Se você consentir com o armazenamento dos seus dados pessoais para essa finalidade. Eu concordo em permitir que a FACIT armazene e processe meus dados pessoais. Nossas práticas de privacidade e nosso compromisso em proteger e respeitar suas informações, estão em consonância com a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. Política de Privacidade.