“Nunca achei que ouviria tantas histórias”, disse aluno de direito orientou mulheres sobre feminicídio

A semana de atendimento do Facit Mulher continua com vários serviços às famílias. Nessa quarta-feira, os alunos de Direito orientaram sobre feminicídio e também tiraram dúvidas jurídicas a respeito de pensão alimentícia, guarda de menor e outros temas.

De acordo com o aluno Jairo Cavalcante, que cursa o 3º período de Direito, a experiência foi importante porque lhe deu outra perspectiva da profissão. “É muito diferente do que a gente escuta em sala de aula, eu nunca achei que iria ouvir tantas histórias de agressão”, afirmou.

Para auxiliar as mulheres, os alunos ensinaram sobre os diferentes tipos de agressão. “Nós falamos sobre a Lei Maria da Penha e demos as definições sobre violência sexual, física, psicológico e patrimonial”, explicou Jairo.

Também orientaram sobre como denunciar. “Algumas mulheres sofreram violência e outras viram outras mulheres sofrendo, mas não tiveram coragem ou não souberam como ligar para o 180, que é o número da Central de Atendimento à Mulher”, lamentou o estudante.

Compartilhe esta postagem »»

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Eu concordo em receber outras comunicações da FACIT. Para fornecer o conteúdo solicitado, precisamos armazenar e processar seus dados pessoais. Se você consentir com o armazenamento dos seus dados pessoais para essa finalidade. Eu concordo em permitir que a FACIT armazene e processe meus dados pessoais. Nossas práticas de privacidade e nosso compromisso em proteger e respeitar suas informações, estão em consonância com a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. Política de Privacidade.