O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC) foi criado pelo departamento de pesquisa da FACIT e tem como objetivo principal despertar no aluno de graduação o interesse pela pesquisa, mostrando-lhe a necessidade e a importância do desenvolvimento de trabalhos investigativos em sua área de atuação, estimulando a descoberta de algo novo e/ou a ampliação de dados já registrados na literatura.

O acadêmico recebe uma bolsa (remuneração mensal) da FACIT durante 01 (um) ano para o desenvolvimento desta pesquisa, sob orientação de um docente já contratado da IES, além de contar com a infraestrutura necessária para a realização da pesquisa, tais como laboratórios, bibliotecas e equipamentos. Para o ingresso no programa, é necessário a aprovação no processo seletivo, que seguem normas específicas e tem regulamento próprio, divulgadas através de editais.

Por acreditar que a pesquisa é uma ferramenta indispensável no processo do ensino e da aprendizagem, a FACIT estimula os acadêmicos e docentes a participarem de programas e bolsas oferecidas pelo Governo Federal, por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Há ainda o programa Institucional de Iniciação Cientifica para Acadêmicos Voluntários (PVIC), que busca atender à demanda de acadêmicos interessados em realizar pesquisas. Nesse sentido, a FACIT oferece a infraestrutura, que inclui laboratórios, equipamentos, biblioteca e um professor orientador. Para o ingresso é necessária aprovação no processo seletivo, que seguem normas especificas em regulamento próprio. Desta maneira acredita-se no desenvolvimento sócio econômico da região, bem como na descoberta de novos pesquisadores.