FACIT promove palestra sobre o Setembro Amarelo para seus acadêmicos de enfermagem

Criada no Brasil pelo CVV – Centro de Valorização à Vida, ABP – Associação Brasileira de Psiquiatria e CFM – Conselho Federal de Medicina, a Campanha do Setembro Amarelo nasceu com o objetivo de conscientizar a população a respeito do suicídio, uma das 10 principais causas de mortalidade em todo o mundo.

Para promover o compartilhamento de informações, a FACIT promoveu para seus acadêmicos do curso de enfermagem uma palestra sobre a Campanha do Setembro Amarelo. O tema foi desenvolvido pelo Psicólogo Clínico Ageu Moura da Silva.

“Minha ênfase foi de elencar a importância da valorização da vida para que eles percebam que nunca estão sozinhos”, destaca o psicólogo clínico.

 

A Caixa Surpresa

Durante a atividade, o profissional desenvolveu a dinâmica da caixa surpresa, uma música tocou enquanto os alunos passavam a caixa, quando a música parava, o acadêmico que estivesse com a caixa abria a mesma e retirava um papel que continha um desafio.

“Foram vários desafios, dar um abraço em alguém, escolher alguém para dar um elogio, convidar a todos para cantarem sua música favorita, contar um sonho pessoal, gritar ‘juntos somos mais fortes’, e vários outros, no meio alguém foi sorteado para não cumprir um desafio, mas leu um ‘obrigado por estar aqui, você é importante’ ”, conta Ageu.

A coordenadora do curso, Dênia Rodrigues Chagas, explica que a ação busca preparar os acadêmicos para entender a dor dos pacientes ou pessoas conhecidas.

“Estamos promovendo o setembro amarelo, uma campanha contra o suicídio. Nossa intenção é minimizar a dor das pessoas e, como profissionais de saúde, devemos ter empatia, nos colocar no lugar do outro e ter essa sensibilidade”, completa a coordenadora.

 

Cuidar bem de si para cuidar dos outros

A palestra chamou a atenção dos acadêmicos, que aproveitaram a oportunidade para aprender mais sobre saúde mental para cuidar dos pacientes e de si mesmos.

“Estamos fazendo o curso de enfermagem para tratarmos das pessoas, mas para que isso aconteça, precisamos estar bem conosco, de que vale a pena viver, vale a pena lutar todos os dias para alcançar os nossos sonhos”, conclui a acadêmica Andressa Alves.

Para o acadêmico Daniel Sousa Caldas, o ponto alto da palestra foi entender mais sobre o enfrentamento, a importância de procurar ajuda.

“Quando alguém tem um problema, quebra um osso, vai no ortopedista, quando tem problema no coração, vai no cardiologista, mas quando tem um problema psicológico, essa pessoa não procura ajuda profissional. O psicólogo falou muito sobre essa parte da necessidade de procurar ajuda, o que aprendi é algo que vou levar comigo e compartilhar para mais pessoas”, finaliza o futuro enfermeiro.

 

Compartilhe esta postagem »»

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Eu concordo em receber outras comunicações da FACIT. Para fornecer o conteúdo solicitado, precisamos armazenar e processar seus dados pessoais. Se você consentir com o armazenamento dos seus dados pessoais para essa finalidade. Eu concordo em permitir que a FACIT armazene e processe meus dados pessoais. Nossas práticas de privacidade e nosso compromisso em proteger e respeitar suas informações, estão em consonância com a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. Política de Privacidade.