FACIT Mulher: Ciclo de palestras inspirou mulheres a superarem desafios

Mulheres de força e garra compartilharam histórias de vida e sucesso
 
O ciclo de palestras da 4° edição do projeto FACIT Mulher já acabou. Mulheres fantásticas compartilharam histórias de vida e contaram um pouco dos desafios enfrentados para que elas chegassem na posição em que estão. Com os exemplos vieram as inspirações para uma plateia repleta de mulheres e a certeza de que nenhuma barreira é intransponível.

O objetivo da FACIT – Faculdade de Ciências do Tocantins foi de proporcionar acesso às instruções sobre direitos adquiridos por leis, medidas protetivas, preventivas e de empoderamento feminino.

“É uma grande honra para a FACIT receber mulheres que trouxeram uma palavra de conhecimento, de experiência prática, de conscientização do empoderamento feminino e que são exemplos pessoais e profissionais de mulheres que venceram todas as dificuldades e hoje fazem sucesso nas profissões”, destaca o coordenador do curso de direto da FACIT, professor Maicon Rodrigo Tauchert.
 
As palestras
A primeira noite de palestras contou com a presença da psicóloga Ximena Oliveira, que falou sobre “Autoestima e Inteligência Emocional da Mulher”.

“Busquei despertar nas mulheres a necessidade de mudança nas ações, na forma de enxergar a si mesma. A importância de a mulher saber se colocar diante da própria vida de forma intencional e proposital”, pontua Ximena.
Na segunda noite, o público participou da mesa redonda “Empoderamento Feminino, Política, Cargos Públicos e o Sucesso da Mulher”, com a Dra. Cirlene de Assis, juíza de Direito, e as doutoras Sarah Lilian de Souza e Ana Maria Varjal, delegadas de Polícia Civil.

“Hoje, nós temos uma sub-representação das mulheres no Parlamento como um todo, na Câmara de Vereadores, na Assembleia Legislativa, no Senado, no Congresso, o percentual de mulheres na política nacional é de quinze por cento. Conversamos com o público sobre o aumento na quantidade de mulheres em todas as esferas de poder, sejam elas políticas ou empresariais”, enfatiza Cirlene.

Para finalizar o ciclo de palestras na terceira noite, a empreendedora e diretora-geral da FACIT, Dra. Ângela Maria da Silva, falou sobre “O Empoderamento Feminino a partir do Empreendedorismo”, além de compartilhar com a plateia sobre a sua história de vida e desafios enfrentados desde a infância.

“As mulheres devem parar de perder tempo achando que são inferiores, devemos enfrentar o mercado, empreender com o coração, é necessário ter meta, foco e felicidade, fazer aquilo que agrada seu coração. Contei a minha história de vida, de luta, muitas vezes solitária, passei por muitas dificuldades, persisti e venci, a persistência é necessária em qualquer projeto que você queira tocar”, conta a Dra. Ângela.
 
Conhecimento compartilhado
Acadêmica do 6° período do curso de direito e estagiária na Vara de Execução Penal do Tribunal de Justiça pela comarca de Araguaína, Nicole Hilary conta que as experiências compartilhadas ampliaram ainda mais seus conhecimentos.
“Esse envolvimento da faculdade com a gente, de sempre trazer profissionais de sucesso para contar aspectos atuais da sociedade, faz com que tenhamos contato com conhecimento que vai além do direito, fica ainda melhor porque a instituição abre mais esse espaço pra gente explanar nossas ideias e trabalhar em cima disso”, comenta Nicole.
 
Sábado tem ação Cidadã Facit Mulher
E tem mais, no sábado, dia 12, a equipe da FACIT estará na praça do setor Costa Esmeralda oferecendo atendimento jurídico as mulheres, aferição de pressão e cálculos de índice de massa corporal, orientações sobre saúde e bem estar das mulheres gestantes, momento de beleza com limpeza de pele e maquiagem, aula de Zumba e distribuição de kits de higiene bucal.

Os acadêmicos do curso de radiologia da FACIT estarão presentes para dar informações sobre exames de imagens.

A programação também é especial para as crianças, o momento será de diversão para os pequeninos com pula pula, pipoca e muito algodão doce. A ação Cidadã Facit Mulher vai das 15h às 18 horas.

Compromisso social
Durante toda a programação do FACIT Mulher, a instituição arrecadou kits de higiene pessoal feminina, que serão destinados às mulheres reeducandas do presídio feminino.

A Faculdade também abraçou a campanha nacional de combate à pobreza menstrual e doará absorventes para meninas e mulheres em situação de vulnerabilidade.

O FACIT Mulher conta com a parceria do Conselho Nacional de Justiça – CNJ e o Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins TJ/TO, em sua Semana Nacional de Justiça pela Paz em Casa.

Compartilhe esta postagem »»

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Eu concordo em receber outras comunicações da FACIT. Para fornecer o conteúdo solicitado, precisamos armazenar e processar seus dados pessoais. Se você consentir com o armazenamento dos seus dados pessoais para essa finalidade. Eu concordo em permitir que a FACIT armazene e processe meus dados pessoais. Nossas práticas de privacidade e nosso compromisso em proteger e respeitar suas informações, estão em consonância com a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. Política de Privacidade.