FACIT investe na qualificação profissional do corpo docente

Os professores da Faculdade de Ciências do Tocantins – FACIT são sempre estimulados a buscar a qualificação profissional para oferecer metodologias de ensino diferenciadas para os alunos. Por isso, todo semestre, a faculdade promove palestras e treinamentos visando a calibração e alinhamento dos instrumentos profissionais.

Com temas voltados para o fortalecimento das diretrizes de ensino e regimento interno, a capacitação docente referente ao semestre 2017/2 aconteceu entre os dias 20 e 23 de junho e trouxe conteúdos atualizados para preparar os docentes para a diversidade de públicos abraçados pela FACIT.

No próximo semestre letivo, a instituição passará a receber alunos indígenas, fruto de um programa especial de cotas criado para oportunizar o ensino superior às etnias da região norte do Tocantins.

Segundo a diretora geral da FACIT, Ângela Maria Silva, a vinda dos indígenas é muito esperada. “Estamos preparados para receber esses alunos respeitando a sua etnia e cultura, tanto no processo de avaliação, como nas relações interpessoais”, destacou a diretora.

Professor convidado

Docente na área de Letras e Linguística na Universidade Federal do Tocantins (UFT), Prof. Dr. Francisco Edwirges Albuquerque foi convidado para falar sobre o tema “Cultura Indígena no Ensino Superior”.

Abordando a inclusão e o sistema de cotas para alunos indígenas na universidade, Francisco destacou a importância do respeito na instituição. “Compartilhar as experiências de sucesso da UFT no tratamento dos povos indígenas fará com que a FACIT possa ampliar suas políticas para a inclusão de novas culturas dentro da faculdade”, explicou.

Comprometimento da instituição

Para o professor Lucyano Campos Martins, o comprometimento da FACIT com o aprimoramento de seus professores mostra o quanto a instituição está empenhada em oferecer educação de qualidade para seus acadêmicos.

“Todos os temas abordados só engrandecem de forma pedagógica o processo educacional, fomentando o conhecimento em várias áreas e convidando os professores a conhecerem novos métodos de ensino”, afirmou Lucyano.

Ciclo de Palestras

A psicóloga Dra. Thelma Pontes Borges palestrou o tema “Ética nas relações de trabalho”, assunto de importância vital dentro de uma instituição de ensino. Para abordar o tema “Plágio e consequências judiciais”, o advogado e professor da FACIT, Dr. José Hobaldo, tratou das implicações legais da cópia de trabalhos acadêmicos.

Já no último dia, o professor Jairo Roberto Mendonça Lyra destacou a importância do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, o ENADE, com atividades dinâmicas como oficinas de elaboração das provas do exame.

Os professores da Faculdade de Ciências do Tocantins – FACIT são sempre estimulados a buscar a qualificação profissional para oferecer metodologias de ensino diferenciadas para os alunos. Por isso, todo semestre, a faculdade promove palestras e treinamentos visando a calibração e alinhamento dos instrumentos profissionais.

Com temas voltados para o fortalecimento das diretrizes de ensino e regimento interno, a capacitação docente referente ao semestre 2017/2 aconteceu entre os dias 20 e 23 de junho e trouxe conteúdos atualizados para preparar os docentes para a diversidade de públicos abraçados pela FACIT.

No próximo semestre letivo, a instituição passará a receber alunos indígenas, fruto de um programa especial de cotas criado para oportunizar o ensino superior às etnias da região norte do Tocantins.

Segundo a diretora geral da FACIT, Ângela Maria Silva, a vinda dos indígenas é muito esperada. “Estamos preparados para receber esses alunos respeitando a sua etnia e cultura, tanto no processo de avaliação, como nas relações interpessoais”, destacou a diretora.

Professor convidado

Docente na área de Letras e Linguística na Universidade Federal do Tocantins (UFT), Prof. Dr. Francisco Edwirges Albuquerque foi convidado para falar sobre o tema “Cultura Indígena no Ensino Superior”.

Abordando a inclusão e o sistema de cotas para alunos indígenas na universidade, Francisco destacou a importância do respeito na instituição. “Compartilhar as experiências de sucesso da UFT no tratamento dos povos indígenas fará com que a FACIT possa ampliar suas políticas para a inclusão de novas culturas dentro da faculdade”, explicou.

Comprometimento da instituição

Para o professor Lucyano Campos Martins, o comprometimento da FACIT com o aprimoramento de seus professores mostra o quanto a instituição está empenhada em oferecer educação de qualidade para seus acadêmicos.

“Todos os temas abordados só engrandecem de forma pedagógica o processo educacional, fomentando o conhecimento em várias áreas e convidando os professores a conhecerem novos métodos de ensino”, afirmou Lucyano.

Ciclo de Palestras

A psicóloga Dra. Thelma Pontes Borges palestrou o tema “Ética nas relações de trabalho”, assunto de importância vital dentro de uma instituição de ensino. Para abordar o tema “Plágio e consequências judiciais”, o advogado e professor da FACIT, Dr. José Hobaldo, tratou das implicações legais da cópia de trabalhos acadêmicos.

Já no último dia, o professor Jairo Roberto Mendonça Lyra destacou a importância do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, o ENADE, com atividades dinâmicas como oficinas de elaboração das provas do exame.

“É fundamental que todos estejam sempre alinhados com os índices de qualidade que o Inep/MEC atribui para as instituições de ensino superior e a importância que o ENADE tem para compor um dos insumos para gerar o Conceito Preliminar do Curso (CPC)”, pontuou o professor.

“É fundamental que todos estejam sempre alinhados com os índices de qualidade que o Inep/MEC atribui para as instituições de ensino superior e a importância que o ENADE tem para compor um dos insumos para gerar o Conceito Preliminar do Curso (CPC)”, pontuou o professor.

Os professores da Faculdade de Ciências do Tocantins – FACIT são sempre estimulados a buscar a qualificação profissional para oferecer metodologias de ensino diferenciadas para os alunos. Por isso, todo semestre, a faculdade promove palestras e treinamentos visando a calibração e alinhamento dos instrumentos profissionais.

Com temas voltados para o fortalecimento das diretrizes de ensino e regimento interno, a capacitação docente referente ao semestre 2017/2 aconteceu entre os dias 20 e 23 de junho e trouxe conteúdos atualizados para preparar os docentes para a diversidade de públicos abraçados pela FACIT.

No próximo semestre letivo, a instituição passará a receber alunos indígenas, fruto de um programa especial de cotas criado para oportunizar o ensino superior às etnias da região norte do Tocantins.

Segundo a diretora geral da FACIT, Ângela Maria Silva, a vinda dos indígenas é muito esperada. “Estamos preparados para receber esses alunos respeitando a sua etnia e cultura, tanto no processo de avaliação, como nas relações interpessoais”, destacou a diretora.

Professor convidado

Docente na área de Letras e Linguística na Universidade Federal do Tocantins (UFT), Prof. Dr. Francisco Edwirges Albuquerque foi convidado para falar sobre o tema “Cultura Indígena no Ensino Superior”.

Abordando a inclusão e o sistema de cotas para alunos indígenas na universidade, Francisco destacou a importância do respeito na instituição. “Compartilhar as experiências de sucesso da UFT no tratamento dos povos indígenas fará com que a FACIT possa ampliar suas políticas para a inclusão de novas culturas dentro da faculdade”, explicou.

Comprometimento da instituição

Para o professor Lucyano Campos Martins, o comprometimento da FACIT com o aprimoramento de seus professores mostra o quanto a instituição está empenhada em oferecer educação de qualidade para seus acadêmicos.

“Todos os temas abordados só engrandecem de forma pedagógica o processo educacional, fomentando o conhecimento em várias áreas e convidando os professores a conhecerem novos métodos de ensino”, afirmou Lucyano.

Ciclo de Palestras

A psicóloga Dra. Thelma Pontes Borges palestrou o tema “Ética nas relações de trabalho”, assunto de importância vital dentro de uma instituição de ensino. Para abordar o tema “Plágio e consequências judiciais”, o advogado e professor da FACIT, Dr. José Hobaldo, tratou das implicações legais da cópia de trabalhos acadêmicos.

Já no último dia, o professor Jairo Roberto Mendonça Lyra destacou a importância do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, o ENADE, com atividades dinâmicas como oficinas de elaboração das provas do exame.

“É fundamental que todos estejam sempre alinhados com os índices de qualidade que o Inep/MEC atribui para as instituições de ensino superior e a importância que o ENADE tem para compor um dos insumos para gerar o Conceito Preliminar do Curso (CPC)”, pontuou o professor.

“É fundamental que todos estejam sempre alinhados com os índices de qualidade que o Inep/MEC atribui para as instituições de ensino superior e a importância que o ENADE tem para compor um dos insumos para gerar o Conceito Preliminar do Curso (CPC)”, pontuou o professor.

Compartilhe esta postagem »»

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Eu concordo em receber outras comunicações da FACIT. Para fornecer o conteúdo solicitado, precisamos armazenar e processar seus dados pessoais. Se você consentir com o armazenamento dos seus dados pessoais para essa finalidade. Eu concordo em permitir que a FACIT armazene e processe meus dados pessoais. Nossas práticas de privacidade e nosso compromisso em proteger e respeitar suas informações, estão em consonância com a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. Política de Privacidade.