Em sua 23ª Edição, revista científica da Facit apresenta 15 artigos de várias instituições do país

Publicação reúne pesquisas nas áreas da Saúde, Educação, Educação Indígena Intercultural, Linguística, Direito, Letramento, Antropologia e Tecnologia (Foto: Editora Chefe da revista, Profª Dra. Severina Alves de Almeida Sissi)

Promovendo a produção de conhecimento e incentivando a pesquisa, a Faculdade de Ciências do Tocantins (FACIT) publica mais uma edição da Revista Científica On-Line JNT – Facit Business and Technology Journal, a 23ª – Volume 1, com uma coletânea de 15 artigos, de diversas instituições do Brasil.

Nesta edição, os assuntos das pesquisas abordaram sobre Saúde, Educação, Educação Indígena Intercultural, Linguística, Literatura, Direito, Letramento, Antropologia e Tecnologia.

Saúde

De acordo com a Editora Chefe da revista, Profª Dra. Severina Alves de Almeida Sissi, na área da Saúde destacam-se três artigos, um deles é da coordenadora do curso de Radiologia da Facit, Me. Ângela Maria Dias Moraes, abordando sobre manifestações bucais mais comuns em pacientes que fazem tratamento quimioterápico.

A pesquisa coletou dados de pacientes no período de 2010 a 2012, tendo como objetivo de identificar quais os principais tipos de alterações na cavidade oral dos pacientes que realizam este tipo de tratamento. Esses dados vão poder auxiliar gestores em Saúde e também servir como fonte de consulta para novos trabalhos.

Tecnologia

Outra pesquisa que se destaca nesta edição é na área da Tecnologia: Comportamento de Compra do Consumidor Universitário pela Internet”, dos pesquisadores da Universidade Estadual do Centro Oeste do Paraná – UNICENTRO/PR.

Os pesquisadores Cláudio Luiz Chiusoli, Ana Paula de Freitas Kuniski, João Henrique Blasius Heerdt e Kelvin de Oliveira Silva investigam como estudantes universitários se comportam em relação à ética e outros comportamentos quando acessam a Internet para realizar compras.

Educação, Literatura e Linguística Indígena

Nestas áreas, dois artigos em destaque analisam sobre a cultura indígena, como as poesias da etnia apinajé (Apinayé); e também sobre a Teoria Etnossociolinguística, que apresenta uma nova forma de escrever uma tese e ao mesmo tempo em que desvela as nuances de pesquisas realizadas em contextos interétnicos e de alta complexidade, como aldeias indígenas e quilombolas, dentre outros temas.

Direito

Na área do Direito, a pesquisa apresentada fala sobre a violência contra a mulher indígena no Tocantins, aliando-se ao contexto da Antropologia Social. “A Violência contra a Mulher Indígena no estado do Tocantins e o Amparo Legal: Um Estudo a partir dos Costumes e da Cultura dos Povos Apinayé e Karajá-Xambioá”, de autoria de Giovanna Lucialda Veras de Melo, sob a orientação da Profª Severina Alves de Almeida, resultado de uma Pesquisa de Iniciação Científica com Bolsa (PIBIC/CNPq/FACIT).

Acesse a revista científica aqui.

Compartilhe esta postagem »»

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Eu concordo em receber outras comunicações da FACIT. Para fornecer o conteúdo solicitado, precisamos armazenar e processar seus dados pessoais. Se você consentir com o armazenamento dos seus dados pessoais para essa finalidade. Eu concordo em permitir que a FACIT armazene e processe meus dados pessoais. Nossas práticas de privacidade e nosso compromisso em proteger e respeitar suas informações, estão em consonância com a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. Política de Privacidade.