Agosto Dourado: FACIT promoveu o evento “Amamentação Exclusiva: você tá preparada pra isso?”

A FACIT – Faculdade de Ciências do Tocantins promoveu no último sábado, 27, junto com a Liga de Odontopediatria e Ortodontia da FACIT, o evento “Amamentação Exclusiva: você tá preparada pra isso?”. A ação fez parte da Campanha do Agosto Dourado de incentivo a amamentação.

É a primeira vez que o evento é realizado, ele faz parte do “OdontoCuida”, um projeto desenvolvido na instituição para levar informação e instruir a comunidade sobre temas sensíveis, como o da amamentação.

“Nós criamos um momento para orientar as participantes sobre como de fato é a maternidade da vida real e, principalmente, para que elas sejam as próximas apoiadoras da amamentação”, destaca uma das organizadoras do evento, a professora Arissa Machado Barbosa.

 

Ciclo de Palestras

Foram realizadas três palestras para mostrar as presentes diversos aspectos da amamentação na atualidade.

A primeira teve como tema “Alimentação nos primeiros 1000 dias” e foi ministrada pela nutricionista infantil, especializada em Dificuldade Alimentar, Dra. Fernanda Lima.

“Ao falar sobre a importância da amamentação e da introdução alimentar, a minha intenção foi despertar o conhecimento sobre os benefícios da amamentação para a mamãe e para o bebê, além do conhecimento sobre a introdução alimentar participativa”, pontua Fernanda.

Logo após, foi a vez da Dra. Lilian Cristhian Rocha, médica, professora universitária, idealizadora e criadora dos grupos @bbforadacurva e @grupomamagaia, conversar sobre o tema “Bebê fora da curva: onde o marketing abusivo das fórmulas tem mais força social”.

“Quis alertar as mulheres sobre o assédio da indústria das fórmulas, da desinformação profissional, além das vantagens do leite materno, tanto para a mãe quanto para a criança, informações essas que muitas vezes são escondidas ou pouco divulgadas”, destaca Lillian.

Para encerrar o ciclo de palestras, a lactante, professora, mestre em Letras e sócia da Clínica Ressonare, Mariana Noleto Barbosa, contou como é ser uma “Mãe Atípica”.

“Conversei com elas sobre a experiência da maternidade e da amamentação atípica, sobre como os índices do aleitamento materno no Brasil são baixíssimos e no caso da maternidade atípica, podem ser ainda menores”, conta Mariana.

 

Aprendizado

Para a acadêmica da FACIT, Paula Xavier, as palestras trouxeram um conhecimento que será muito valioso durante uma maternidade futura.

“Escutei experiências maravilhosas, foi um aprendizado muito grande, escutei falas sobre a vida real, de como é o aleitamento materno, já deu vontade de amamentar”, destaca.

A Larissa Nobre, também acadêmica, adorou ter participado do evento. “Amei ter participado do evento de amamentação do agosto dourado. Foi uma experiência muito boa, adquiri muitas informações pontuais sobre esse alimento tão importante para o bebê”, finaliza.

 

Compartilhe esta postagem »»

Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support

Eu concordo em receber outras comunicações da FACIT. Para fornecer o conteúdo solicitado, precisamos armazenar e processar seus dados pessoais. Se você consentir com o armazenamento dos seus dados pessoais para essa finalidade. Eu concordo em permitir que a FACIT armazene e processe meus dados pessoais. Nossas práticas de privacidade e nosso compromisso em proteger e respeitar suas informações, estão em consonância com a LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados. Política de Privacidade.